Amanhã destacamos
Minutas do FOMC

Entre dados económicos e eventos nesta quarta-feira, o destaque vai para as minutas da última reunião do FOMC (Federal Open Market Committee).


Os investidores irão tentar ver, uma vez mais, algo que ainda não tenha sido dito pelos vários responsáveis do Fed, nas minutas da última reunião, o que poderá ser uma tarefa difícil já que a comunicação do banco central foi bastante directa, e já foram muitas as intervenções verbais de diversos responsáveis do mesmo.

Outro ponto quente do dia será a divulgação dos dados da inflação nos Estados Unidos que voltam a ganhar maior relevo depois dos fracos números dos nonfarm payrolls da semana passada. O consenso aponta para que o índice de preços no consumidor do mês de Setembro, mantenha o mesmo ritmo de subida do mês anterior.

Mas haverá mais.

Esta noite, na Austrália, iremos ter a divulgação do Sentimento do Consumidor Westpac e na Nova Zelândia a leitura preliminar da Confiança Empresarial ANZ. No Japão iremos conhecer a evolução das encomendas de maquinaria no mês de Agosto.

De manhã, na zona euro teremos a leitura final do Índice de Preços no Consumidor alemão que deverá mostrar estagnação de preços. Teremos também dados da produção industrial da zona euro.
No Reino Unido teremos a divulgação do PIB que deverá mostrar que a economia britânica cresceu no mês de Agosto 0,5%, depois de um crescimento no mês anterior de 0,1%. Ainda na Grã-Bretanha teremos dados relativos à produção da construção e industrial e o índice de serviços.

No final do dia teremos Lael Brainard, Governadora do Fed, a falar sobre inclusão financeira e desafios económicos da pandemia, num evento online do Fed Listens event with Oklahoma Tribal Leaders.

É também nesta quarta-feira que começa mais a sério a época de apresentação de resultados empresariais nos Estados Unidos, com o JPMorgan Chase & Co e a BlackRock Inc. a divulgarem os seus relatórios.